A WEC, a Fórmula 1 e o recorde do Porsche 919 Hybrid Evo

Depois de algumas semanas de paragem aqui no Histórias, estamos de volta! Durante este período de interregno muitas notícias havia para contar e não foi fácil escolher uma para dissertar. A escolha recaiu sobre a proeza da marca de Estugarda.
Se calhar até já devem ter lido que a Porsche bateu o recorde da pista de Spa-Francorchamps com o seu Porsche 919 Hybrid Evo, batendo assim o tempo da pole-position de Lewis Hamilton a 26 de agosto do ano passado por 0.783 segundos. O 919 Hybrid Evo é uma evolução do carro de LMP1 que ganhou as 24 horas de Le Mans de 2015 a 2017 e que nestes 3 anos provou ser uma arma demolidora no endurance.
Este feito veio trazer à baila a velha rivalidade entre Endurance e Fórmula 1 em que os haters da Fórmula 1 tiveram um dia em cheio para argumentarem logo que a Fórmula 1 não é tão boa como o WEC e que a F1 já não é o que era e que antes é que era bom e não sei que mais.
Mas… até que ponto isto faz sentido? Vamos lá a uma análise com os números divulgados pela Porsche.
É verdade e inegável que este 919 Hybrid é uma máquina fenomenal, mas também é verdade que este carro não tem nada a ver com a sua versão original. Esta é uma versão sem restrições e sem olhar a regulamentos que consegue ser 12 segundos por volta mais rápida que o seu irmão num casaco de forças nesta mesma pista. Como? Simples, a versão do Campeonato do mundo de endurance tem o seu V4 2.0 turbo restringido a 500 cavalos. A versão Evo, com o mesmo combustível, mas desregulamentada e com novo software consegue chegar aos 720 cavalos. Sem querer entrar em muitos detalhes sobre megajoules e siglas complicadas, digamos que a potência das baterias que alimentam as rodas dianteiras aumentou de 400 para 440 cavalos. Sem entrar também em detalhes aerodinâmicos, a versão Evo consegue ter 53% mais downforce e aumenta em 66% a eficácia aerodinâmica. Para além disso, foram feitas alterações à direção e suspensão, o peso foi reduzido em 39 quilos e os pneus foram especialmente desenvolvidos pela Michelin para uma melhor tração.
O que é que isto tudo quer dizer? Que o 919 Hybrid Evo é uma obra de engenharia fantástica e que o WEC poderia ser muito mais espetacular se não fossem as restrições. Mas também o poderia ser a Fórmula 1, que mesmo com restrições consegue ser 11 segundos mais rápida que a WEC.
Deixemo-nos portanto de guerrinhas e apreciemos ambos os campeonatos pois é disso que o mundo automóvel precisa, não de haters chatos como a potassa!

There are no comments yet

Why not be the first

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *