Cupra – o que é que vai sair daqui?

Quem nos segue há mais tempo sabe que temos na nossa garagem uma SEAT Ibiza. Sim, UMA porque é comercial e então é uma carrinha, logo, o uso do feminino é obrigatório! E o Vítor diz que não a troca por nada! Mas de certeza que ele não se importava de ter a versão Cupra R, que na versão 6K2 (99-2002) já vinha com um motor 1.8 Turbo com 180 cavalos e fazia inveja a todo o dono de SEAT que não tinha e decorava a sua TDI como tal.
e43ef44dc26115676f774696f8eb71ac
Agora a Cupra vai ser uma marca à parte, tem novo logótipo, tem um design todo feito por designers hipsters que nem carta devem ter e… não tem piada nenhuma. Se há coisa que o nome Cupra representa, é POWEEEEER, é dar gás, é roncar. Olhando ao que já nos foi dado a conhecer, ainda não vimos um escape, nem um motor nem sequer uma peça automóvel. Vimos malabaristas, pessoas de cara pintada, borboletas e modelos masculinos. Tudo aquilo que não se associa a um carro com Cupra no nome.
2018-02-01 (1)
Como já devem ter reparado, este não é um artigo com a mesma notícia que vocês leram nos outros sites de notícias automóveis, nós aqui não estamos presos ao politicamente correto nem ao bajular de marcas para nos pagarem uma viagem à apresentação do carro. Somos sinceros e damos o nosso ponto de vista, que vale o que vale.
Voltando ao assunto, aquilo que nos parece é que está a ser seguido um caminho que desvirtua a marca, tanto a SEAT como o nome Cupra. Já há alguns anos que a SEAT perdeu a sua imagem de carro desportivo da Volkswagen e caminha mais depressa para o carro estilista da Volkswagen do que outra coisa qualquer. E é certo que ainda não se sabe muita coisa e estamos aqui basicamente a especular, mas também temos exemplos de outras marcas, como a Citroen que criou a DS como a marca do estilo e deu no que deu: flop.
seat_cupra_logo_002_hq.jpg
Mas vamos tentar ver o lado positivo: o grupo VAG tem nas suas linhas de montagem alguns dos melhores motores do mundo, do Golf GTI ao Bugatti Chiron, passando pela Audi e Lamborghini. E se é certo e sabido que não vamos ter o V10 da Lamborghini num Cupra, nada nos garante que não vamos ter o motor 2.5 de 400cv de um Audi RS3 num Leon. Não custa sonhar, pois não?
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=xjQk2RIw3AE&w=560&h=315]

There are no comments yet

Why not be the first

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *